Em obras desde 2015, o Terminal Grande Alvarenga foi inaugurado nesta terça-feira (20), inicialmente para abrigar quatro linhas de ônibus, operadas pela concessionária SBCTrans (São Bernardo do Campo Transportes Ltda.). A proposta do governo é transformá-lo em um sistema tronco alimentado, a fim de descongestionar a região central. Antes, porém, a atividade plena depende principalmente das operações integrais de dois corredores: da avenida João Firmino e da Estrada dos Alvarengas.

Inicialmente previsto para ser entregue em novembro, o Terminal Grande Alvarenga abrirá as portas já nesta quarta-feira (21), a partir das 3h15 da madrugada, até a circulação do último ônibus municipal. Todos os coletivos que inicialmente passarão pelo local terão como destino o bairro Rudge Ramos, pelas linhas 13 (Parque Los Angeles), 13B (Parque Imigrantes), 14 (Orquídeas) e 14R (Terminal Alvarenga). No total nesta primeira etapa, serão 29 veículos, que realizarão 185 viagens diárias. Pelo lado de fora, veículos do itinerário 16 (Alvarenga-Rudge Ramos) terão uma parada em frente às catracas de entrada e saída da estrutura.

Por ser uma proposta inédita no sistema de transporte público de São Bernardo, o governo incrementará gradualmente novas linhas ao terminal. Ao todo, a estimativa é que a estação receba ceda de 65 mil pessoas, o que representaria 30% dos usuários do sistema. Presente na inauguração do empreendimento, o prefeito Orlando Morando (PSDB) afirmou que o empreendimento reduzirá em 25% o tempo da viagem.

Durante a entrega do Terminal Grande Alvarenga, ainda havia funcionários trabalhando nos acabamentos finais e na instalação painéis eletrônicos. Morando garantiu que a estação também terá rede Wi-Fi. O local de 10 mil metros quadrados – em que 4,3 mil metros quadrados são cobertos – oferece sanitários para usuários e funcionários, conta com cinco plataformas, bilheteria, guarita, posto de socorro, lojas, e bicicletário.

 

Instalado próximo à Praça Giovani Breda, permitindo a conexão direta com os futuros corredores João Firmino, Capitão Casa, Humberto de Alencar Castelo Branco e Robert Kennedy, em sistema integrado, o terminal será responsável por fazer a ligação de passageiros do Grande Alvarenga até o Centro por meio de sistema tronco-alimentador. Linhas do bairro passarão a ter como destino final o terminal, de onde partirão demais coletivos que farão o trajeto até o Centro.

“O passageiro vem até o terminal, desce e pega outro ônibus para o seu destino sem nenhum custo por essa integração. Este é um modelo pensado e estudado para que a cidade possa elevar a qualidade do transporte e estimular as pessoas para que elas deixem de usar o carro e utilizem o ônibus”, explica o prefeito Orlando Morando (PSDB).

Segundo o presidente da ETC (Empresa de Transportes Coletivos), Ademir Silvestre, inicialmente passarão pelo terminal as linhas 13 (Los Angeles/Rudge Ramos via Planalto), 13B (Parque Imigrantes/Rudge Ramos via Planalto), 14 (Orquídeas/Rudge Ramos via Robert Kennedy), 14B (Terminal Alvarenga/Rudge Ramos via Avenida Robert Kennedy), além da linha 16 (Alvarenga/Rudge Ramos via Planalto), que terá parada externa à estrutura. A promessa é a de que o tempo de viagem seja reduzido em 25% neste primeiro momento, com operação de 29 veículos adaptados, que realizarão 185 viagens diariamente.